sexta-feira, 22 de abril de 2011

Brasicanidade: Doces

Não sei se já contei aqui, mas eu sou muito fã das novelas brasileiras (as da Globo, únicas que vejo). Hoje em dia, o meu entusiasmo já não é o mesmo, mas ponham A Gata Comeu, Tieta, Pedra Sobre Pedra ou Vamp no ar que eu grudo e nunca mais saio de frente da televisão!

Através das novelas começou o meu amor pelo Brasil. É verdade. Caso ainda não tenham reparado, eu sou MUITO fã do Brasil e da sua cultura, apesar de nunca ter lá ido (facto quase a ser resolvido!). Com as novelas, conheci muito da cultura, das comidas, das gírias (AMO!), de tudo um pouco. E com isso eu tinha uma vontade enorme de comer paçoca, cocada, pé.de.moleque, carambola, etc etc...pois é, até eu descobrir que isso tudo há cá! Isso mesmo meninas, só muda o nome. E eu só descobri esse facto engraçado quando estava na faculdade, em Coimbra, e houve uma semana lusófona onde encontrei um monte de doces.

Vamos conhecer os nomes e aprender um pouco mais sobre moçambique?



Matorrotorro: Este é o famoso doce que eu tanto falei por aqui. Conhecem de algum sítio? Pois é, no Brasil é conhecido como cocada. Só tem uma pequena diferença, que descobri na net (espero estar certa). A cocada é feita com leite condensado, enquanto que o matorrotorro é só açucar e côco. Há uma variação com amendoim, que nós também chamamos pelo mesmo nome. Eu AMO este doce, é o meu preferido (no wonder i'm this big!!)


Lifete: Mais conhecido por vocês, leitoras brasileiras, como paçoca, o lifete é normalmente comido esfarelado. Eu não consegui saber ao certo, mas penso que aquele em torrão é chamado também de matorrotorro. O importante é que aqui também há esse doce que vocês chamam de paçoca, só muda o nome.


Torrão ou Nogat: Conhecido como pé-de-moleque no Brasil, ainda estou meio na dúvida de como se chama aqui. Uns dizem que é nogat, outros chamam de torrão. Eu, sinceramente, não sei como se chama, mas que há aqui, há, e muito!


Badjia: MUITO apreciada por estas bandas, a badjia é um salgado indiano, feito de farinha de feijão. No Brasil é conhecido como acarajé, mas é maior. Não sei exactamente se é a mesma coisa, mas pelo que li, acho que sim.

A minha amiga Hawa diz que também há pamonha por aqui, mas eu nunca vi e não sei como se chama. Ela diz que é xinqua, mas como não encontrei nenhuma informação...

Imagens: do matorrotorro é minha, as outras são do Google

2 comentários:

Yara disse...

Eu adoro matorretorre, como sempre que posso! As badjias nem por isso, tem mto oleo e ja tenho gordurinhas que chguem hehe

Mari disse...

quando vier comeremos tudo isso com os nomes brasileiros!!! ahahah você se sentirá dentro das novelassss!!! :)